Categorias
dicas de compras

Qual notebook não comprar

Os avanços tecnológicos na área da informática acontecem em velocidade frenética, e se você quer comprar um notebook realmente moderno e expansível, precisa dar atenção a estas dicas de técnico.

1. Modelo e geração do processador

Notebooks são computadores que visam unir o conforto da mobilidade ao processamento sutil, consumindo dez vezes menos do que um computador de mesa, mas nem todos os modelos têm a mesma proposta. Quanto mais moderno o processador, menor a sua litografia em nanômetros, ou seja, a eletricidade demora menos tempo para percorrer circuitos menores, o que se reflete numa maior velocidade e num menor consumo de energia (e de bateria). Processadores com 14 nm ou menos podem ser considerados modernos, mas litografia não é tudo. Existem processadores que priorizam a mobilidade e outros que priorizam a potência. Se você gostaria de ter a potência de um computador de mesa no seu notebook, então evite os modelos terminados com a letra “U” (de consumo ultrabaixo), que certamente atenderão à maioria dos usuários, especialmente se associados à uma placa de vídeo dedicada, capaz de executar programas de arquitetura, edição de vídeos, entre outros, muito melhor que o processador sozinho. Mas se você realmente não liga para a pouca duração da bateria e precisa de performance impecável, procure os modelos de processador terminados com a letra “H” (de alto consumo). As frequências mínima e máxima em giga-hertz também podem ser levadas em consideração (quanto mais alta a mínima, maior o consumo e melhor a performance). Os principais fabricantes de processadores são a AMD e a Intel.

2. Tamanho, disposição e expansão das memórias

Por causa dos muitos tributos, é comum em nosso país que a maioria dos notebooks venham com o mínimo de memória possível (em geral 4 gigabytes de RAM, que é a “memória de trabalho” do equipamento). Modelos com 6 ou 12 gigabytes geralmente oferecem melhor velocidade por terem dois módulos de memória operando em canal-duplo, já alguns de 8 gigabytes, apesar de também indicados, geralmente acompanham somente um módulo de memória. Mas este é apenas o mínimo que você precisa saber, pois muitos fabricantes de renome, como Lenovo e Acer têm oferecido modelos com chips de memória RAM soldados à placa-mãe, o que significa perda-total caso um destes chips não resista ao calor do seu ambiente de trabalho, por isso sempre recomendo aos meus clientes que evitem a qualquer custo estes modelos relativamente frágeis. Outros pontos importantes são a facilidade e capacidade de expansão das memórias. Notebooks de baixo custo possuem apenas um encaixe de memória, limitando bastante sua ampliação, e impedindo o aumento de performance pela ausência do canal-duplo. Tampas de fácil acesso, como as oferecidas pela Samsung, são bem-vindas também. Resumindo, você pode até comprar um modelo com 4 gigabytes de RAM, desde que a memória não seja soldada, e que existam dois encaixes para memória, permitindo que com um investimento adicional, tenha 12 (4+8) ou 20 (4+16) gigabytes de RAM DDR4 à disposição do Windows, que geralmente consome de 1,5 a 6 gigabytes logo após iniciar. A loja KaBuM! é a melhor no detalhamento das especificações técnicas.

3. Conexões, tela, touch e teclado

Notebooks modernos devem ter pelo menos duas portas USB de alta velocidade, sendo uma USB 3, e outra USB-C (que se for Thunderbolt, oferece uma saída de vídeo adicional à HDMI presente). Se possuir conector para rede cabeada, além da rede sem fio (que deve conectar a redes wifi de 2.4 e 5 giga-hertz), ótimo. Já a tela deve ser FHD (1080 linhas horizontais) e não HD apenas (720), especialmente se você pretende trabalhar com gráficos ou desenvolvimento, considerando que esta definição diz respeito também ao espaço da sua área de trabalho no Windows. O ideal é que todos os notebooks tivessem tela de toque do tipo IPS, mas estamos longe desta realidade. Podendo evitar telas TN (que escurecem mediante a angulação do visualizador, recomendo). Se você trabalha com cálculos, o teclado deve ter a seção numérica e o touchpad deve ser o maior e o mais liso possível.

4. O armazenamento e sua velocidade

As tecnologias de armazenamento evoluíram muito no sentido de não mais serem o que prejudica a performance do sistema operacional, por isso um notebook com SDD (de pelo menos 120 gigabytes) ao invés do tradicional HDD é altamente recomendável, e se o SDD for NVM Express, melhor ainda, porque se comunica de duas a sete vezes mais rápido com a placa-mãe do que um SSD comum (enquanto o SSD comum pode ser até dez vezes mais rápido do que um HDD comum). O ideal é que pelo menos a porta NVMe exista na placa-mãe, ainda que o notebook acompanhe um HDD (de pelo menos 1000 gigabytes), que por sinal pode ser bastante útil para quem trabalha com arquivos grandes ou gosta de baixar filmes online.

5. Peso, tamanho, webcam, som e bateria

Se você pretende comprar um notebook para usar fora de casa, provavelmente não será com processador de alta performance, e portanto não deve pesar mais que 1,9 Kg. A mesma regra se aplica ao tamanho, pois os notebooks gamer são maiores mesmo. Recentemente os fabricantes de notebook estão economizando nas câmeras, por isso, se a resolução for HD (720p) ou FHD (1080p), já estará acima da média atual (VGA, 480p). O volume do som em notebooks geralmente é baixo, o que pode ser facilmente contornado com um bom fone de ouvido com microfone, ou com caixas de som Bluetooth. E a autonomia da bateria pode ser medida pela sua amperagem horária (mAh), que quanto maior, mais células terá a bateria, e maior será a sua autonomia (e peso). Neste quesito, um programa que limite a carga da bateria é bastante interessante para aumentar a sua vida-útil, já que pode ser completamente descarregada e recarregada de 300 a 500 vezes.

Creio que agora você já tem uma boa noção de qual notebook não comprar, mas tudo vai depender do quanto pretende investir, porque notebook barato e com todas as características ideais não existe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *